Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Maioria dos fundos comunitários será aplicada nas regiões mais pobres

Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional divulgou esta quinta-feira a divisão das verbas do próximo quadro de apoios comunitários.
5 de Dezembro de 2013 às 15:28

Um total de 93% das verbas do próximo período de fundos comunitários para Portugal, de 2014 a 2020, destina-se a programas nas regiões mais pobres. O destaque vai para o Alentejo que irá receber 42% das verbas.

Esta distribuição dos fundos europeus foi divulgada esta quinta-feira, em Évora, pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Regional. De acordo com Manuel Castro Almeida, a maioria das verbas recebidas no âmbito do próximo quadro de apoios comunitários vai se aplicada “nas regiões mais pobres do país, ou seja, no norte, centro, Alentejo e Açores”.

O governante fez questão de reforçar a ideia de que “a tendência de pensar que os investimentos públicos estão centrados em Lisboa” não corresponde à realidade.

Fundos comunitários Europa Portugal Alentejo verbas centro norte Açores dinheiro Manuel Castro Almeida
Ver comentários