Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Mais 25 milhões de desempregados até 2010

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económicos (OCDE) prevê mais "20 a 25 milhões" de desempregados no mundo até 2010 por causa da crise, 8 a 10 milhões dos quais na OCDE.
22 de Dezembro de 2008 às 15:58
Mais 25 milhões de desempregados até 2010
Mais 25 milhões de desempregados até 2010 FOTO: d.r.

Os números foram avançados hoje pelo secretário-geral da organização, Angel Gurria, em declarações à rádio francesa BFM.

"Vamos para uma perda de 8 a 10 milhões de empregos na zona OCDE", que inclui sobretudo os países industrializados, "e de 20 a 25 milhões no mundo até 2010", afirmou.

A construção é um sector particularmente afectado porque a sua actividade "parou de forma brutal" o que atingiu em pleno países como a Espanha ou a Irlanda, acrescentou.

A Organização Internacional do Trabalho já advertira logo no final de Outubro que a crise financeira poderia agravar em 20 milhões o número de desempregados no mundo, o que poderia atingir um recorde histórico de 210 milhões de pessoas no final de 2009.

A zona OCDE, que conta trinta países, desenvolvidos na sua maioria, "está em recessão no quarto trimestre" e vai assim ficar "pelo menos nos dois primeiros trimestre de 2009, e muito países na maior parte de 2009", prosseguiu Gurria.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)