Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Mais salmão e menos bacalhau

Portugal comprou à Noruega, no decurso do último ano, 225,9 milhões de euros em peixe. O grosso das aquisições continua a ser de bacalhau, mas os dados recentemente disponibilizados pelo Conselho Norueguês das Pescas (Norge) indicam um crescendo significativo no salmão.
15 de Janeiro de 2007 às 00:00
A justificação para o aumento do interesse dos portugueses no salmão estará relacionado, por um lado, com o exponencial sucesso dos restaurantes de comida japonesa, que o apresentam como um dos principais ingredientes do sushi.
O salmão, proveniente de viveiros de aquicultura, teve uma quota de importação situada nas 3965 milhares de toneladas (mais oito por cento do que em 2005), representando um preço global de 16,7 milhões de euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)