Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Maquinistas do Metro Transportes do Sul fazem greve

Os maquinistas do Metro Transportes do Sul vão fazer greve ao trabalho extraordinário entre os dias 12 e 17 de Novembro para exigir a negociação do Acordo de Empresa (AE), anunciou este Domingo o Sindicato dos Maquinistas (MTS).
28 de Outubro de 2012 às 16:40
Os maquinistas do Metro Transportes do Sul vão fazer greve ao trabalho extraordinário entre os dias 12 e 17 de Novembro
Os maquinistas do Metro Transportes do Sul vão fazer greve ao trabalho extraordinário entre os dias 12 e 17 de Novembro FOTO: d.r.

Fonte sindical disse que os maquinistas vão fazer greve ao trabalho extraordinário nas últimas três horas de cada turno, além de aderirem também à greve geral de 14 Novembro.

O pré-aviso de greve para o período de 12 a 17 de Novembro já foi entregue à empresa Metro Transportes do Sul, que opera o metro de superfície nos concelhos de Almada e do Seixal (conhecido por Metro Sul do Tejo).

A mesma fonte adiantou que os maquinistas do Metro Transportes do Sul exigem negociar o Acordo de Empresa, alegando que a empresa tem "criado um obstáculo sistemático à contratação colectiva".

Os maquinistas contestam também as alterações ao subsídio de transporte e escalas de serviço, referiu ainda.

No pré-aviso de greve, o MTS refere que os trabalhadores estão "dispostos de lutar até ao fim por melhores condições laborais", apesar do "favorecimento na escala de serviço a trabalhadores que não fazem greve" em Novembro.

Segundo o sindicato, os trabalhadores que não fizeram greve têm menos horas de serviço e a escala não é afixada de acordo com a lei.

O MTS adianta que já enviou uma denúncia sobre esta situação à Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

Crise greve Metro Sul
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)