Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Mar de gente contra trabalho precário

Milhares de pessoas estão a aderir à manifestação da "geração à rasca", num mar de gente que se concentrou na Avenida da Liberdade, em Lisboa, num ambiente festivo.
12 de Março de 2011 às 16:39
Jel juntou-se à concentração de milhares em Lisboa
Jel juntou-se à concentração de milhares em Lisboa FOTO: Lusa

Famílias e grupos de amigos deram início ao protesto às 15h00, com um grupo de jovens a empunhar um cartaz com a inscrição "Juventude exige mais direitos e outra política".  

Este grupo, pertencente à associação "Iniciativa Jovem" e gritava "agora e sempre juventude está presente".  

Às 14h20, mais de uma dezena de viaturas do corpo de intervenção da  PSP estava junto ao Parque Eduardo VII, sendo esta a face mais visível da presença policial na manifestação.  

Minutos depois deixaram o local para sítio incerto.   

Esta iniciativa conta com a presença de várias gerações de portugueses, desde crianças a idosos.  

Nisa Vieira, médico num hospital público, ostenta um cartaz onde se lê "idosos à rasca, à rasquíssima".  

Adiantou ainda que veio "em solidariedade" com os princípios da manifestação, mas aproveitou para "falar de problemas noutras áreas da sociedade".  

Entretanto, a organização anunciava através do megafone a chegada de autocarros da Associação Académica de Coimbra.

O cantor Jel também fez questão de aparecer com o seu megafone, cantando palavras de luta.

O cenário de enorme concentração também se verifica na Praça da Batalha, no Porto, e em outras nove cidades. 

manifestação protesto manif geração à rasca jel
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)