Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Marinha encomenda novos navios

A Marinha Portuguesa assinou esta terça-feira com os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) contratos para a construção de várias embarcações, cujo valor ascende a 500 milhões de euros.
17 de Março de 2009 às 14:21
Severiano Teixeira, ministro da Defesa
Severiano Teixeira, ministro da Defesa FOTO: D.R.

O anúncio foi feito pelo ministro da defesa, Severiano Teixeira, que precisou que, nos próximos cinco aos, os ENVC deverão construir cinco lanchas de fiscalização costeira, com possibilidade de opção por mais três, seis navios e patrulha oceânica (NPO) e dois navios de combate à poluição.

Os contratos assinados esta manhã significam uma “reprogramação” do plano de reequipamento da Marinha, que previa a construção de oito NPO e cinco lanchas de fiscalização costeira.

O primeiro navio de patrulha oceânica deverá ser entregue à Marinha em Janeiro de 2010 e o segundo seis meses depois.

Entretanto, os ENVC revelaram terem um passivo entre 35 a 40 milhões de euros, durante a visita do ministro da Defesa para a formalização de uma encomenda de 500 milhões de euros.

Severiano Teixeira evocou a importância económica do ENVC e sublinhou a necessidade de a empresa se modernizar para responder aos “tempos difíceis, de incerteza e de crise”.

Para o governante, a resposta dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo “passa obrigatoriamente por três C’s: confiança, competitividade e credibilidade”.

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)