Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Meta lucrativa da TAP em dúvida

O encarecimento dos combustíveis pode fazer com que a TAP não alcançe a meta do lucro de 15 milhões de euros durante o exercício de 2004. Fernando Pinto, administrador-delegado da empresa aérea portuguesa, afirmou ontem que a despesa com os combustíveis foi muito além do esperado no ano passado. Aumento esse muito acima do de 2003 e que “torna bastante complexo atingir o objectivo inicial da TAP”.
13 de Janeiro de 2005 às 00:00
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)