Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Metro trava perdas de 3 milhões

O fecho dos canais de acesso às estações do Metropolitano de Lisboa, que só se abrem mediante um título de transporte válido, já começou a dar resultados à empresa: as receitas aumentaram três milhões de euros.
3 de Dezembro de 2007 às 00:00
Fecho de portas de acesso às estações já começou a dar resultado
Fecho de portas de acesso às estações já começou a dar resultado FOTO: Sofia Costa
“O impacto do fecho da rede, que ocorreu em Fevereiro, foi de três milhões de euros até ao final de Outubro”, revelou ao CM o presidente do Metropolitano de Lisboa. Ou seja, provocou um aumento de receitas da empresa de cerca de seis por cento. Este seria, portanto, o valor que o Metro perderia, naquele período, com os passageiros sem títulos válidos, admite Joaquim Reis.
Desde Fevereiro que as cancelas de acesso ao cais só se abrem depois dos passes LisboaViva e os bilhetes pré-comprados ‘7 Colinas’ serem lidos pelos validadores. Este equipamento foi, entretanto, actualizado este mês de forma a permitir a leitura do ‘zapping’ (o carregamento com dinheiro do cartão ‘7 Colinas’), mas já foi detectado um erro: os passageiros não têm acesso ao saldo do cartão. “O problema está a ser resolvido”, garantiu Joaquim Reis.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)