Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Novo Banco fecha mais 20 balcões até ao final do ano

Centros urbanos afetados pelo encerramento. Sindicato já pediu reunião a António Ramalho.
Andresa Pereira 18 de Setembro de 2020 às 08:18
Novo Banco
Novo Banco FOTO: Pedro Catarino
O Novo Banco vai encerrar mais 20 balcões até ao final deste ano, a maior parte deles em centros urbanos, confirmou o CM junto de fonte oficial, ficando com um total de 355 agências ao longo de todo o País.

Esta semana, no Parlamento, António Ramalho, presidente-executivo do Novo Banco, afirmou que “o mercado está a mudar e é normal que aquilo que é a tradicional distribuição de balcões venha a mudar sobretudo nos centros urbanos”, após ter sido questionado pelo PCP. Fonte oficial disse ao CM que a intenção da gestão é fechar os 20 balcões reabrindo outros, de maior dimensão, que concentrem grande parte dos serviços.

O Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários já pediu uma reunião com António Ramalho e quer ver esclarecida as “subsequentes transferências de local de trabalho, sem notificar os trabalhadores com uma antecedência de 30 dias sobre o seu novo local de trabalho”, acusa o sindicato em comunicado.

Ao CM, o Novo Banco assegurou que “nunca deixou nem deixará de reunir com os sindicatos do setor e que reúne regularmente com a Comissão de Trabalhadores do Banco, o que aconteceu no passado dia 16 de setembro”.
Novo Banco País António Ramalho economia negócios e finanças serviços financeiros trabalho sindicatos
Ver comentários