Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

OCDE: Salário mínimo deve ficar "inalterado" até haver "sinais claros de recuperação"

Relatório da OCDE recomenda que se mantenha inalterado o valor do salário mínimo.
8 de Julho de 2014 às 13:05
A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque
A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque FOTO: Lusa

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) considera que o Governo deve manter "o valor do salário mínimo inalterado" até que haja "sinais claros de recuperação" do mercado de trabalho, segundo um relatório hoje publicado.

No relatório 'Portugal: consolidação da reforma estrutural para o apoio ao crescimento e à competitividade', hoje divulgado e feito a pedido do Governo português, a OCDE recomenda às autoridades portuguesas que "mantenham o valor do salário mínimo inalterado até que existam sinais claros de recuperação do mercado de trabalho".

Em relação à solidariedade social, a OCDE considera que a consolidação orçamental tem sido feita de modo "relativamente equitativo", mas refere que a melhoria na distribuição do rendimento concentrou-se no período de 2007 a 2009 e que, "desde então, pouco variou, mantendo-se estagnada num nível elevado".

salário mínimo OCDE recomendação relatório reforma estrutural
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)