Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Oferta de oito mil postos de trabalho

A 11.ª edição da Feira do Emprego e Formação, que hoje termina na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa, foi recebida com algumas críticas por parte de quem procura trabalho.
21 de Outubro de 2007 às 00:00
São esperadas 30 mil pessoas na Gare Marítima de Alcântara
São esperadas 30 mil pessoas na Gare Marítima de Alcântara FOTO: Sérgio Lemos
“A maioria das empresas presentes é de recrutamento para trabalho temporário”, disse Paulo Missas, finalista do curso de Marketing. “Para a minha área, por exemplo, não encontrei nada”, concluiu.
Opinião idêntica teve José Rocha. “Deviam estar mais empresas e outros sectores representados”, disse este desempregado com 43 anos, acrescentando que “comparada com as feiras internacionais esta é muito fraca”.
João Costa, organizador do evento, confirmou: “Os visitantes têm razão, eu também gostava de ter mais empresas aqui representadas”. João Costa explicou que a maioria das organizações recorre a empresas de trabalho temporário para empregar novos profissionais.
Contra esta tendência estão marcas como o Minipreço, Remax, Prosegur ou Holmes Place que decidiram recrutar directamente na feira. Só a Remax pretende angariar 600 agentes imobiliários, ao mesmo tempo que a Holmes Place procura perto de 200 pessoas para os cinco novos clubes que vão abrir até 2010.
“Cerca de 20% dos visitantes das últimas feiras conseguiu emprego”, disse João Costa.
No total, são cerca de oito mil postos de trabalho por preencher nesta feira que decorre até às 21h00 de hoje e onde a entrada é gratuita. São esperados 30 mil visitantes, na sua maioria jovens e recém-licenciados, num evento que reúne 73 empresas e organizações.
DEPOIMENTOS
FIQUEI GRÁVIDA E NA RUA (Madalena Dinis, 29 anos)
Estou há dois anos e meio no desemprego. Quando engravidei estava a trabalhar a recibos verdes, mas fui despedida. Agora, qualquer trabalho serve! l
HÁ TRÊS MESES SEM TRABALHO (José Coelho, 38 anos)
Trabalhei na Alemanha durante muitos anos. Mas agora decidi regressar a Portugal. Há três meses que estou sem trabalho e está a ser muito difícil.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)