Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Isabel dos Santos retira condições rejeitadas pela Oi

Anúncio feito na segunda-feira.
17 de Novembro de 2014 às 07:53
Operadora brasileira Oi tinha considerado condições "inaceitáveis"
Operadora brasileira Oi tinha considerado condições 'inaceitáveis' FOTO: Tiago Petinga/Lusa

A Terra Peregrin, da empresária angolana Isabel dos Santos, anunciou esta segunda-feira que retira as condições estipuladas na oferta para compra da PT SGPS que a operadora brasileira Oi tinha considerado de "inaceitáveis".


Em comunicado enviado esta segunda-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Terra Peregrin altera as condições rejeitadas pela Oi (VI a IX do ponto 14 do anúncio preliminar) para a compra da PT SGPS e introduz novos pontos, entre os quais que a oferta pressupõe que não hajam decisões sobre a venda de ativos relevantes por parte da operadora brasileira Oi ou da CorpCo, empresa resultante da fusão Oi/PT.


"A oferente manifesta a sua disposição de princípio para prescindir da condição prevista no ponto VI", refere a nota.


"Por referência ao processo de combinação de negócios para a sociedade visada e a Oi, tal como acordada no memorando de entendimento divulgado ao mercado no dia 1 de outubro de 2013, entre a sociedade visada, a Oi e os principais acionistas de ambas as sociedades, incluindo as adaptações aprovadas" na Assembleia-Geral da PT SGPS de setembro passado, "a conclusão desse processo de combinação de negócios antes do décimo quinto dia anterior à liquidação física e financeira da oferta", lê-se agora na nova alínea.

isabel dos santos PT OPA oi
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)