Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Orçamento: Incentivos para o interior

As empresas localizadas em áreas de regime de interioridade vão ficar isentas do pagamento das contribuições para a Segurança Social dos novos postos de trabalho que criarem, segundo a proposta de Orçamento do Estado.
17 de Outubro de 2006 às 00:22
“Até 31 de Dezembro de 2010, as entidades empregadoras ficam isentas, durante os três primeiros anos de contrato, do pagamento das respectivas contribuições para a Segurança Social relativas à criação líquida de postos de trabalho”, diz a proposta. Essa isenção é estendida a cinco anos se as empresas forem de jovens empresários.
Para haver criação líquida de postos de trabalho tem de ocorrer uma diferença positiva entre o número de contratações e o número de saídas de trabalhadores.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)