Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

"Os mais dinâmicos e competentes" vão fugir, diz Mira Amaral

O aumento do IRS previsto no Orçamento do Estado para 2013 vai levar a uma vaga de emigração dos portugueses "mais dinâmicos e mais competentes", disse hoje o presidente do Banco Bic Portugal, Luís Mira Amaral.
17 de Outubro de 2012 às 15:47
"Aos 66 anos, já não saio do País. Não tenham pena de mim"
'Aos 66 anos, já não saio do País. Não tenham pena de mim' FOTO: Luís Costa/CM

"Quando eu pago 54 por cento de IRS mais 11 por cento de Segurança Social, aos 66 anos, já não saio do país. Não tenham pena de mim", disse Mira Amaral, durante um colóquio sobre o orçamento organizado em Lisboa pela Universidade Católica.

"Já nem digo os mais jovens" que vão procurar emprego no estrangeiro depois de acabar a licenciatura, disse o antigo ministro da Indústria dos governos de Aníbal Cavaco Silva. "Eles depois voltam".

Mas Mira Amaral está mesmo assim preocupado com a 'fuga de cérebros' que o aumento dos impostos pode causar.

"Agora, os quadros portugueses estão a pedir aos gestores, aos CEO [presidentes de empresas], que os levem para Angola, para o Brasil", disse Mira Amaral.

"Os mais dinâmicos, os mais competentes, com este IRS, vão fugir", rematou.

Ver comentários