Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Pagar em cinco meses

Portugal é o pior País da União Europeia quando toca a pagar: não só os prazos médios são maiores como ainda há que ter em conta os atrasos significativos que vão para além desses prazos.
31 de Maio de 2007 às 00:00
Estado paga tarde e atrasado
Estado paga tarde e atrasado FOTO: Jordi Burch
O Estado é o pior sector, com prazos de pagamento que atingem, em média, os cinco meses, a que se somam mais cerca de três meses de atraso, de acordo com dados revelados ontem pela Intrum Justitia, uma empresa internacional de gestão de crédito, no seu relatório de Primavera. Os particulares pagam, em média, a pouco mais de um mês e as empresas a perto de três meses.
Em termos europeus (26 países), a duração de pagamento é, em média, de 59,2 dias e os atrasos situam--se, também em média, nos 16 dias, registando assim uma diminuição a partir de 2004.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)