Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Parceria para ajudar África lusófona

O primeiro-ministro português, José Sócrates, e o presidente da Microsoft, Bill Gates, anunciaram esta quarta-feira que vão avançar com parcerias para a cooperação e desenvolvimento dos países africanos de expressão portuguesa.
1 de Fevereiro de 2006 às 16:21
Destacando a importância mundial da Fundação Melinda e Bill Gates ao nível da ajuda humanitária para o combate a doenças e para a promoção do acesso à saúde no continente africano, Sócrates congratulou-se com os acordos a estabelecer a cruto-prazo.
“O Governo português tudo fará para a curto prazo desenvolver uma parceria de cooperação com a Fundação Melinda e Bill Gates nos domínios humanitários e que se destinará sobretudo aos países africanos de expressão portuguesa.”
“Falámos de um conjunto de medidas para a ajuda a países como Angola e Moçambique”, referiu depois Bill Gates, mostrando satisfação por “estar em Portugal”.
‘PARCERIA É PROVA DE CONFIANÇA’
O Plano Tecnológico de José Sócrates parece ir de ‘vento em popa’ e o primeiro-ministro considerou hoje que a parceria com, depois de estabelecidos 18 protocolos, a Microsoft “é um sinal de confiança dos investidores internacionais na economia portuguesa”.
“Quero agradecer a Bill Gates o apoio que tem dado do Plano Tecnológico do Governo. Há entre nós um projecto comum: ambos partilhamos a mesma visão de futuro, baseada na inovação, na ciência, no desenvolvimento da educação e das tecnologias”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)