Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

“Passos Coelho é um sósia de Sócrates”

Henrique Neto Empresário e ex-deputado do PS sobre a actual crise económica que Portugal atravessa.
30 de Abril de 2010 às 00:30
“Passos Coelho é um sósia de Sócrates”
“Passos Coelho é um sósia de Sócrates”

Correio da Manhã - É aceitável acusar as agências de rating da actual situação económico-financeira?

Henrique Neto - Estas empresas poderão ter muitos defeitos, mas não lhes podemos imputar os nossos próprios erros. Não foram elas que levaram o Estado a atingir o actual nível de endividamento e de este não ter feito poupanças. E de não ter incentivado as pessoas a poupar, pelo menos, nos últimos cinco anos.

- Está, então, a apontar o dedo ao primeiro-ministro?

- O Governo tem seguido políticas económicas completamente erradas, nos últimos cinco anos. Recebeu um País endividado, mas insiste nas obras públicas e nas parcerias público-privadas.

- Mas os partidos à esquerda do PS vêem nas obras públicas um caminho para gerar emprego...

- Só olham para um lado da equação. Para defender os trabalhadores é necessário que a economia cresça, que as empresas tenham acesso ao crédito.

- Cavaco Silva defende a aposta no mar e num pólo industrial no Norte. O que acha?

- Um dos nossos maiores erros foi a excessiva aposta na construção, nas obras públicas e na primeira habitação. Deixámos desaparecer sectores fundamentais para a economia. Nunca devíamos ter perdido a indústria metalomecânica pesada, agora que queremos investir nas energias renováveis eólicas. O mar é outro sector sem política. A AIP defende há anos uma estratégia ‘Euro-Atlântica'. Falar disso agora, não sei se não será mais do mesmo.

- Um entendimento entre Sócrates e Passos Coelhos ajudará o País a credibilizar-se?

- Passos Coelho é um sósia de Sócrates, especialmente devido à sua ligação às grandes empresas do regime: a EDP, a PT, a GALP, o BES. O PS e o PSD estão enfeudados a estes grupos, que não se preocupam realmente com o futuro do País.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)