Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Patrões admitem aumento do salário mínimo

Aumento do salário mínimo para 500 euros pode ser decidido até ao verão.
1 de Abril de 2013 às 14:31

A Confederação Empresarial Portuguesa (CIP) admite avançar até ao verão com um aumento do salário mínimo para 500 euros. 

Este aumento só deverá verificar se houver uma redução da Taxa Social Única, ficando assim longe dos 515 euros propostos pela CGTP.

"Quinhentos euros é o valor de referência, mas admitimos outros valores, porque ainda há uma margem entre os 485 e os 500", disse esta segunda-feira o presidente da CIP, António Saraiva, no final de uma reunião com a UGT para debater este tema.

"Os 515 de que a CGTP fala estão fora de discussão", acrescentou António Saraiva.

cip salário mínimo taxa social única antónio saraiva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)