Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

“Perda de soberania para alguns países”

José Poças Esteves, Director da Saer, agência de avaliação de risco, sobre as exigências da Alemanha aos restantes países.
9 de Fevereiro de 2011 às 00:30
“Perda de soberania para alguns países”
“Perda de soberania para alguns países”

Correio da Manhã – A Alemanha parece ser o ‘patrão’ da Europa. Como vê essa vontade de impor medidas aos outros países?

José Poças Esteves – A Alemanha, quer queiramos quer não, é o motor da Europa. Ela precisa da Europa para se afirmar no quadro geo-político internacional e, portanto, pode não gostar de alguns países que podem estar a atrapalhar a sua lógica de afirmação, de poderio e de enriquecimento, mas precisa deles.

– Mas exige medidas?

– O que faz é criar mecanismos para que os países mais mal comportados, entre eles Portugal, possam ser mais bem comportados e a ajudem neste papel de afirmação deles próprios no quadro internacional.

– Esses mecanismos, essas regras que a Alemanha exige, significam a perda da nossa soberania?

– O que está a ser feito agora é porque a senhora Merkel precisa de justificar aos alemães porque é que vai ajudar a Europa e os países mal comportados. Mas fá-lo, diz, impondo um conjunto de medidas para que os mal comportados passem a ser bem comportados. Isto significa perda de soberania para alguns países.

Ver comentários