Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Perdas da Banca podem ainda não ser visíveis

O presidente da Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM), Carlos Tavares, admitiu esta quarta-feira no Parlamento que "não há garantia de que todas as perdas bancárias da crise estejam já reveladas".
12 de Maio de 2010 às 11:11
Carlos Tavares "mais de mil" reclamações relativas ao BPP
Carlos Tavares 'mais de mil' reclamações relativas ao BPP FOTO: Vítor Mota

Numa audição da Comissão de Orçamento e Finanças, o regulador da bolsa afirmou ainda que um dos resultados positivos da actual crise foi 'a tendência de desintermediação financeira'. Isto porque, explicou, 'as empresas viraram-se mais para o mercado de dívida de capitais', diminuindo a dependência em relação ao crédito bancário.

Na exposição que fez aos deputados, Carlos Tavares revelou também que, em 2009, a CMVM recebeu 2417 reclamações relativas a intermediários financeiros, sendo 'mais de mil' referentes a clientes do BPP. Destas, 1208 transitaram para este ano.E nos primeiros três meses do ano, o supervisor já receberam mais 299 queixas de investidores.

No que toca a irregularidades, no primeiros trimestre do ano a CMVM instaurou oito processos de contra-ordenação, num total de 360 mil euros, tendo uma deles sido impugnado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)