Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Politécnico do Porto dispensa contratados a prazo

Pelo menos uma dezena de trabalhadores a termo certo do Instituto Politécnico do Porto (IPP) ficarão no desemprego a partir de 1 de Julho, disseram esta terça-feira fontes ligadas à instituição.
31 de Maio de 2011 às 20:08
instituto politécnico, porto, desemprego, contratos
instituto politécnico, porto, desemprego, contratos FOTO: d.r.

Serão dispensadas apenas pessoas cujos contratos caducaram e que já não podem ser renovados, por imperativo legal, explicou o vice-presidente do IPP, Fernando Magalhães.  

Fonte ligada aos trabalhadores disse que "uma das situações mais gravosas" é a de um colaborador com uma deficiência física, que foi pai há quatro meses. De acordo com a mesma fonte, entre os contratados que o IPP dispensa há colaboradores "que já trabalham há mais de oito anos para a instituição, ou mesmo mais".  

É o caso do designer "que tem ligação à instituição há mais de uma década",  assegurou.

instituto politécnico porto desemprego contratos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)