Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Portagens no IP8 entre Beja e Sines em 2011

O Governo lançou ontem em Beja o concurso de concessão do futuro IP8, que ligará Sines a Beja, que tem previsto o ano de 2011 como data de finalização. Na região é contestada a intenção desta via ser servida de portagens. No anúncio esteve presente o primeiro-ministro, acompanhado por Mário Lino, titular da pasta das Obras Públicas.
3 de Dezembro de 2007 às 00:00
Mário Lino e Paulo Campos viram o avançar das obras no futuro Aeroporto de Beja
Mário Lino e Paulo Campos viram o avançar das obras no futuro Aeroporto de Beja
“Esta via é importante para melhorar as condições de competitividade da economia portuguesa. O Porto de Sines e o Aeroporto de Beja ficarão mais fortes”, justificou José Sócrates.
Os autarcas locais reconhecem a importância da nova via (itinerário principal com perfil de auto-estrada), mas defendem que num período inicial a utilização não deveria ser sujeita a portagens como é intenção do Governo. “Defendemos um período de transição à semelhança do que tem acontecido com outras auto-estradas em várias regiões do País”, disse Aníbal Reis Costa, presidente da Câmara de Ferreira do Alentejo.
Por seu turno, Carlos Beato, autarca de Grândola, salienta que o importante é que o IP8 “satisfaz os interesses do concelho, mas sem portagens, satisfazia mais”. Estas opiniões são partilhadas pelos outros três concelhos atravessados pela nova estrada: Sines, Santiago do Cacém e Beja, devido às carências económicas estruturantes da região.
O IP8 terá uma extensão total de 124 quilómetros e representa um investimento de 270 milhões de euros. O troço entre Beja e a Fronteira será feito numa segunda fase, e sem perfil de auto-estrada.
AEROPORTO ABRE EM 2008
“O objectivo é ter o aeroporto operacional até final de 2008”, disse o ministro Mário Lino durante a visita às obras do Aeroporto de Beja. De acordo com o responsável esta nova infra-estrutura, que tem um custo de 33 milhões de euros, irá servir os interesses turísticos e comerciais do Alentejo, estando em avaliação a hipótese de vir a acolher formação de pilotos e serviços de manutenção de aviões.
SÓCRATES NÃO COMENTA PORTAGENS
O primeiro-ministro, José Sócrates, não fez ontem qualquer referência ao muito contestado pagamento de portagens no IP8, entre Santiago do Cacém e Beja. “Esta auto-estrada vai fazer-se porque é uma infra-estrutura vital para a economia nacional”, frisou José Sócrates.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)