Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Portas pede para grandes empresas “levarem consigo as PME”

As grandes empresas portuguesas devem levar consigo as mais pequenas no seu processo de internacionalização, disse nesta quarta-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas.
5 de Dezembro de 2012 às 20:15
"Para quem não tem empregados cuja função é lidar com o Estado todos os dias, isto é um ganho significativo", continuou o ministro
'Para quem não tem empregados cuja função é lidar com o Estado todos os dias, isto é um ganho significativo', continuou o ministro FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

"Quanto mais as empresas maiores se internacionalizarem, mais têm oportunidade, e obrigação, de levar consigo e abrir oportunidades para as pequenas e médias empresas [PME]", disse Portas durante a apresentação do regime simplificado de prova de exportação.

O Governo assegura que este regime, que entra em vigor no início de 2013, permitirá às empresas obter o certificado de exportação mais rapidamente por via electrónica.

Para além da poupança em custos administrativos, os tempos médios de emissão de certificados serão reduzidos de 42 para 4 dias, o que permitirá às empresas exportadoras receber mais rapidamente os reembolsos do IVA.

A simplificação do regime de exportação, que Portas descreveu como "inovador a nível europeu", vai ser importante "sobretudo para as PME", disse.

"Para quem não tem empregados cuja função é lidar com o Estado todos os dias, isto é um ganho significativo", continuou o ministro.

"As 100 maiores empresas exportadoras são responsáveis por quase 50% das exportações", acrescentou Portas, "mas mais de 90% das 20 mil empresas que exportam são pequenas e médias".

pme exportação paulo portas governo empresas
Ver comentários