Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

PORTUGAL É O PAÍS MENOS PRODUTIVO DA UNIÃO

Portugal registou, em 2000, o mais baixo nível de produtividade nacional da União Europeia nos sectores da indústria transformadora e dos serviços comercializáveis, registando também no primeiro sector referido a mão de obra mais barata da comunidade, segundo revelou um estudo publicado pelo Eurostat, no qual não está incluída a Grécia.
12 de Maio de 2003 às 18:50
PORTUGAL É O PAÍS MENOS PRODUTIVO DA UNIÃO
PORTUGAL É O PAÍS MENOS PRODUTIVO DA UNIÃO
De acordo com o estudo elaborado pela Departamento de Estatística da União Europeia, a produtividade nas indústrias transformadoras portuguesas, em 2000, foi de 12 euros por hora trabalhada, menos de metade do segundo país menos produtivo neste sector (a Espanha, com 25 euros por hora de trabalho) e muito abaixo da média comunitária, situada nos 35 euros por hora de trabalho. A Alemanha teve em 2000 a indústria transformadora mais produtiva da União, com 41 euros por hora de trabalho. Na indústria transformadora, Portugal teve também em 2000 a mão de obra mais barata da comunidade, com os custos anuais por empregado a situarem-se nos 12 mil euros, contra 35 mil euros de média comunitária.
No sector dos serviços comercializáveis Portugal registou também a menor produtividade da União em 2000, com a produtividade de 11 euros por hora de trabalho, muito abaixo da média de 24 euros registada entre os 14 países considerados no estudo.
Portugal destaca-se pela positiva apenas no sector dos Correios e Telecomunicações, onde registou em 2000 a segunda maior produtividade da União, com 48 euros por hora, acima da média comunitária de 41 euros. Melhor produtividade que a portuguesa neste sector apenas a do Luxemburgo, com impressionantes 133 euros por hora de trabalho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)