Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

PORTUGAL ESTÁ CADA VEZ MAIS POBRE

Os portugueses estão mais pobres. O Produto Interno Bruto (PIB) produzido por cada habitante, medido em paridade de poder de compra recuou o ano passado para 74 por cento da média da União Europeia alargada a 25, indicou ontem o Eurostat.
4 de Dezembro de 2004 às 00:00
As paridades de poder de compra (PPC) permitem a comparação do produto e rendimento por habitante, corrigindo esses indicadores de riqueza média em função dos preços internos praticados por cada país.
Segundo o Departamento de Estatísticas das Comunidades Europeias (Eurostat) entre 1999 e 2002, o PIB por habitante português situou-se em 77 por cento da média da UE alargada, recuando em 2003 para 74 por cento.
Perante os 15 membros da União Europeia de 2003 (o alargamento para 25 Estados ocorreu este ano), Portugal situava-se em último lugar e o PIB por habitante em PPC passou de cerca de 71 por cento da média dos 15 em 2002 para 68 por cento em 2003.
Em 2002 e 2003, Portugal situava-se em último lugar no PIB por habitante entre os então 15 membros da UE, sete pontos percentuais atrás da Grécia (que ultrapassou Portugal em 2002), e em 2003 estava em décimo oitavo lugar entre os 25 membros que actualmente integram a União Europeia.
Atrás de Portugal, em 2003, ficaram a República Checa (69 por cento da média do PIB por habitante em PPC da UE em 2003), a Hungria (61 por cento), a Eslováquia (52 por cento), a Estónia (49 por cento) a Polónia e a Lituânia (ambas a 46 por cento da média comunitária) e a Letónia (41 por cento).
No ano passado, entre os novos Estados-membros da UE, acima de Portugal estavam Chipre, com um PIB por habitante equivalente a 83 por cento da média dos 25, Eslovénia (77 por cento) e Malta (75 por cento).
A evolução da inflação parece ser a única variável portuguesa que acompanha a média comunitária. Pela primeira vez, o índice de preços ao consumidor está dentro da média da zona Euro, nos 2,1 por cento.
O Luxemburgo é claramente o país mais rico da UE, com um PIB por habitante de 115 por cento acima da média, vindo em segundo lugar, mas a grande distância, a Irlanda (33 por cento acima da média), a Dinamarca (23 por cento), Áustria (22 por cento) e a Holanda (21 por cento).
O PIB por habitante da Alemanha (em PPC) excedia em 2003 a média dos 25 em oito por cento, o da França em 11 por cento, o do Reino Unido em 18 por cento, o da Itália em sete por cento e o da Espanha ficava dois por cento abaixo da média.
NOTAS
VALOR DO PIB
O Produto Interno Bruto (PIB) português está avaliado em cerca de 136 mil milhões de euros.
CONSOLIDAÇÃO
De acordo com o ministro das Finanças, o défice orçamental médio, corrigido do ciclo, foi de 7,1 por cento entre 1990 e 1997.
NEGOCIAÇÃO
Portugal deve negociar até ao final do ano com Bruxelas as previsões económicas dentro do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC).
DESPESA
Em 10 anos, a despesa corrente tirou 10% do rendimento dos portugueses.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)