Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

“Portugueses precisam de ajuda para poupar”

Nogueira Leite, Administrador da Caixa Geral de Depósitos, fala sobre nova campanha de poupança do banco público
2 de Novembro de 2011 às 01:00
“Portugueses precisam de ajuda para poupar”
“Portugueses precisam de ajuda para poupar” FOTO: DR

Correio da Manhã – Com a actual crise económica, acha que ainda há margem para as famílias pouparem?

Nogueira Leite – Há de tudo. Há famílias que ainda têm, mas sei que muitas já têm pouca ou mesmo nenhuma margem para fazer poupanças. Do que se trata aqui é de fazer integrar a poupança no quotidiano dos consumidores. Os portugueses precisam de ajuda para saber poupar. Estas medidas são facilitadores de poupança, já que põem os portugueses a poupar quase sem darem por isso.

– A CGD não entrou na ‘guerra’ dos superdepósitos. Que argumentos tem para captar poupança?

– A taxa de juro das remunerações dos depósitos é uma componente importante para a decisão dos clientes, mas não é a única, nem, diria mesmo, a mais importante. A Caixa é líder de captação de depósitos de poupança em Portugal sem ter sido líder nas taxas oferecidas. Os clientes querem solidez, seriedade e responsabilidade na gestão do seu dinheiro e nisso a Caixa tem atractivos suficientes para liderar o mercado.

– Esta iniciativa da Caixa Geral de Depósitos surge porque a poupança está a cair?

– Pelo contrário, as famílias portuguesas estão a poupar cada vez mais, apesar da crise. No primeiro semestre de 2011, os depósitos de clientes aumentaram 6,7 por cento em relação a 2010. Um estudo da Associação Portuguesa de Bancos acaba de revelar que a Caixa foi o banco onde os portugueses mais depositaram nos primeiros seis meses do ano. Esta campanha visa convidar os portugueses a pouparem integrando, nas suas rotinas de consumo, os hábitos de poupança. Isto é, associar a poupança à vida do quotidiano e não fazer do acto de poupar só um sacrifício.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)