Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Preço da eletricidade desce 0,4% em janeiro

Cerca de um milhão de clientes beneficia da queda. Alívio de 18 cêntimos numa fatura de 43,90 euros.
Raquel Oliveira 17 de Dezembro de 2019 às 08:07
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
Eletricidade
O preço da eletricidade vai descer 0,4% no mercado regulado a partir do próximo dia 1 de janeiro, confirmou esta segunda-feira a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), após a audição de empresas e associações de consumidores. Trata-se de um alívio de 18 cêntimos numa fatura média mensal de 43,90 euros, calcula aquela entidade liderada por Cristina Portugal.

A descida pela ERSE abrange um pouco mais de um milhão de clientes, os que ainda permanecem no chamado mercado regulado, e que têm até ao final do próximo ano para transitar para o mercado liberalizado.

Nos clientes que beneficiam de tarifa social, a redução na fatura média será de de 11 cêntimos, para uma despesa mensal média de 27 euros - valor que já integra a aplicação de um desconto social de 13,79 euros.

No mercado liberalizado, que conta já com 5,2 milhões de clientes, a fixação do preço é livre, pelo que depende da decisão de cada comercializador de energia.

O valor das tarifas teve em linha de conta com o preço da eletricidade estimado para 2020, refletindo nomeadamente o preço do petróleo e do carvão, a procura estimada, utilização eficiente da redes de energia mas também o custo das medidas políticas, nomeadamente subsídios a renováveis, e a dívida tarifária.

Dívida da tarifária está nos 2,7 mil milhões
A dívida tarifária reduziu-se 2324 milhões de euros entre 2015 e 2020, cerca de 46% do total. Ainda assim, alerta a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), o serviço da dívida tarifária continua a representar uma das maiores parcelas dos montantes a recuperar através das tarifas.

No próximo ano, o valor da dívida tarifária foi fixado em 2757 milhões de euros, situando-se assim em 2020 abaixo do valor de 2012.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)