Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Preço do café pode subir 50%

Associação do setor está atenta ao encarecimento da matéria-prima.
26 de Fevereiro de 2014 às 17:55
café, preço, mercado, previsão, corretora, Golden Broker
café, preço, mercado, previsão, corretora, Golden Broker FOTO: João Cortesão / Correio da Manhã

A corretora Golden Broker antecipa um possível aumento do preço do café ao consumidor em Portugal em 50%, refletindo o encarecimento da matéria-prima, uma situação que a associação do setor diz estar a acompanhar.

"O preço do café para o consumidor final, em Portugal, poderá crescer até 50%, em 2014 devido ao efeito do clima seco que afetou o maior produtor mundial, o Brasil, que registou o mês de janeiro mais quente dos últimos 20 anos", afirma a sociedade corretora em comunicado divulgado hoje.

Segundo refere, as perspetivas de clima seco baixaram as previsões de colheitas, o que levou já o preço do café no mercado internacional a atingir "um máximo de 16 meses", com "uma subida de mais de 50% em apenas dois meses".

"Perspetiva-se que possa ter um impacto significativo no comércio nacional de café e, em particular, junto do consumidor final", alerta o 'trader' da Golden Broker, João Pinto.

Contactada pela agência Lusa, a secretária-geral da Associação Industrial e Comercial do Café (AICC), Teresa Ruivo, afirmou que a associação "tem acompanhado o assunto", reconhecendo que "a falta de chuva no Brasil tem provocado quebras nas colheitas e, consequentemente, o aumento do preço".

"Mas acreditamos que esta não seja uma situação que venha para ficar", disse, escusando-se a comentar o eventual impacto sobre o preço ao consumidor por este ser um "tema que não cabe no âmbito da associação".

"A associação não se costuma manifestar sobre essa matéria, uma vez que cada marca tem a sua estratégia e [o preço] é do foro de cada marca", disse.

Ainda assim, Teresa Ruivo afirmou que "cada uma das marcas estará atenta a estas oscilações", sendo que, "provavelmente, algumas irão assumir durante algum tempo esse aumento, a ver se é algo passageiro, e outras irão aumentar o preço".

Segundo a secretária-geral da AICC, embora não sendo o único, o Brasil é o maior produtor mundial de café verde, pelo que, "se houver alguma oscilação no Brasil, provavelmente terá influência nos outros países também".

De acordo com dados avançados pela Golden Broker, cerca de 80% dos portugueses bebe café diariamente, numa média de 2,2 chávenas/dia, sendo o consumo nacional de 4,1 quilos/'per capita'.

"Estes valores têm vindo a diminuir, pois os preços têm subido, com a taxa do IVA a ser responsável pelos cerca de 0,65 euros que se paga em média por um café", recorda João Pinto.

Segundo o 'trader', se entre março de 2011 e outubro de 2013, o preço do café no mercado internacional caiu 70%, "mas nenhum cidadão viu o preço do café ser reduzido nos estabelecimentos comerciais", o facto é que "poderá agora haver algum aproveitamento por parte dos produtores e distribuidores para subirem o preço do café no retalho, com uma potencial subida no preço do café ao consumidor final".

café preço mercado previsão corretora Golden Broker
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)