Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

PREÇO DO PETRÓLEO CAI COM AVANÇO ALIADO SOBRE BAGDAD

Os preços do petróleo voltaram a cair hoje acentuadamente devido à reacção dos negociadores aos rápidos avanços militares norte-americanos na guerra, o que poderá indicar o fim próximo das hostilidades.
2 de Abril de 2003 às 17:12
O preço do barril desceu 1,26 dólares na passada terça-feira, tendo voltado a descer 1,08 dólares esta quarta-feira, estabelecendo o preço por barril de 28,70 dólares.
Segundo Michael Rothman, analista de petróleo da Merrill Lynch, “a redução dos preços do barril de petróleo e a recuperação coincidente dos amplos mercados financeiros reflectem a esperança que o conflito termine mais cedo que tarde”.
A guerra no Iraque fez cessar a exportação de 1,7 milhões barris de petróleo diários, no universo de 77 milhões de barris diários exportados para o mercado mundial. Recorde-se que as preocupações sobre uma guerra prolongada fizeram subir os preços na semana passada.
Entretanto, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) aumentou a produção de barris de petróleo em antecipação à guerra para prevenir um aumento dos preços e o crude extra já está a chegar às refinarias americanas.
O país que lidera as exportações, a Arábia Saudita, atingiu o seu máximo de produção dos últimos 21 anos durante o mês de Março. A OPEP bombeou 440 mil barris diários extra para atingir a média de 27,65 milhões de barris diários.
Outros dez membros do Cartel com quotas bombearam 1,77 milhões de barris diários extra para atingirem o valor de 26,45 milhões de barris diários.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)