Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

PREÇO DO PETRÓLEO SUPERA MÁXIMO HISTÓRICO

O barril de Brent do Mar do Norte, a referência europeia para a venda de petróleo, para entrega em Junho alcançou esta quarta-feira os 36,50 dólares no mercado de Londres. Trata-se do valor máximo alcançado desde Outubro de 1990, depois da invasão do Koweit pelo Iraque, que gerou a Guerra do Golfo.
5 de Maio de 2004 às 18:37
A situação é similar nos preços dos Estados Unidos, que permanecem nos níveis máximos atingidos nos últimos 13 anos, devido às incertezas sobre a segurança das reservas petrolíferas depois dos ataques na Arábia Saudita e no Iraque.
Em reacção a esta subida histórica de preços, o novo director-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Rodrigo Rato, advertiu que o actual nível do preço do petróleo pode supor uma quebra de três décimas ao crescimento económico mundial previsto por esta entidade.
Por seu lado, os operadores estão dependentes da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para determinar se o cartel pode aliviar os limites da produção, a fim de conter o aumento dos preços. O presidente da OPEP, Purnomo Yusgiantoro, escusou-se a esclarecer se o cartel vai decidir subir os níveis de produção durante uma reunião em Beirute, a 3 de Junho próximo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)