Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Prejuízos não impedem Refer de aumentar salários

A Refer apresentou, em 2009, um prejuízo de 112,8 milhões de euros, que comparam com 181,5 milhões de euros de perdas no ano anterior. Mas o resultado negativo não impediu que os cinco administradores da empresa tivessem recebido mais 13 por cento de remunerações salariais em 2009.
30 de Abril de 2010 às 18:49
Luís Pardal recebeu mais 10 mil euros em 2009
Luís Pardal recebeu mais 10 mil euros em 2009 FOTO: João Miguel Rodrigues

De acordo com o relatório anual da empresa que gere a infra-estrutura ferroviária, no ano passado, os cinco administradores receberam 461 mil euros em conjunto. Em 2008, as remunerações tinham atingido os 408 mil euros.

A maior fatia foi para Luís Pardal, presidente do Conselho de Administração da Refer, que recebeu 101 mil euros, mais dez mil do que tinha auferido em 2008.

Ao longo do ano passado, a empresa reduziu o número de trabalhadores de 3.556 para 3.497, mas este corte não se reproduziu na rubrica de gastos com pessoal, que terminou 2009 com um aumento de 6 por cento.

Os resultados operacionais foram negativos em 102,1 milhões de euros, mais 7,5 milhões de euros do que em 2008, um agravamento explicado sobretudo com o aumento dos gastos operacionais (mais 9,2 milhões de euros).

No campo financeiro, a Refer melhorou os resultados, mas estes continuam negativos. A empresa passou de 867 milhões de euros negativos para 10,5 milhões de euros negativos em 2009.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)