Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Prémio de um milhão de ações para gestores do Millennium BCP

Miguel Maya lidera o banco desde 2018.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 26 de Outubro de 2019 às 10:48
Miguel Maya
Millennium BCP
Miguel Maya
Millennium BCP
Miguel Maya
Millennium BCP
A comissão executiva do banco Millennium/BCP recebeu mais de um milhão de ações como prémio de gestão, revelou ontem a instituição financeira em comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O CEO, Miguel Maya, teve direito a 219 709 ações, no valor de 44 359 euros, enquanto os vice-presidentes Miguel Bragança e João Palma receberam, cada um, 198 981 ações no valor de 40 174 euros. Os vogais Rui Teixeira e José Pessanha tiveram direito a 175 707 títulos (que valem 35 475 euros) e a vogal Maria de Campos recebeu 73 210 ações (14 781 euros).

As ações foram adquiridas ontem ao preço unitário de 0,2019 cêntimos. No primeiro semestre deste ano os lucros do Grupo Millennium/BCP ascenderam aos 169, 8 milhões de euros, uma subida de 12,7% face ao período homólogo de 2018.

A comissão executiva recebeu 2,7 milhões de euros em salários relativos ao ano 2018, tendo pagado 1,1 milhões a título de Imposto sobre o Rendimento (IRS). A comissão executiva liderada por Miguel Maya tomou posse em 2018 e termina o mandato em 2021.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)