Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Presidente da Confederação do Turismo alerta para "fadiga fiscal" em Portugal

"Eu não posso ter um evento em Vigo a custar menos 23% do que em Elvas", sublinhou Francisco Calheiros.
Raquel Oliveira 16 de Novembro de 2019 às 19:50
Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo Português
Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo de Portugal
Francisco Calheiros considera que greve seria uma 'péssima notícia'
Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo Português
Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo de Portugal
Francisco Calheiros considera que greve seria uma 'péssima notícia'
Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo Português
Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo de Portugal
Francisco Calheiros considera que greve seria uma 'péssima notícia'

O presidente da Confederação de Turismo de Portugal alertou este sábado para a "fadiga fiscal" que se atingiu em Portugal. "Eu não posso ter um evento em Vigo a custar menos 23% do que em Elvas", sublinhou Francisco Calheiros, na sessão de encerramento do 45º Congresso de Turismo, que decorreu este sábado no Funchal.

Para o líder da confederação, para além de baixar o nível de fiscalidade, o Governo deverá também "atacar quanto antes" questões centrais para o turismo como os transportes, as acessibilidades e o controlo das fronteiras, assegurado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

As preocupações e reivindicações foram já entregues aos partidos e ao Governo, adiantou ainda Francisco Calheiros. 

A oferta turística, os constrangimentos mas também os desafios estiveram em destaque neste congresso organizado pela Associação das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que reuniu no Funchal 750 profissionais, entre hoteleiros, académicos e operadores, para além de agentes de viagens. 

A necessidade de colocar o turismo no centro da economia foi defendida por muitos dos oradores e partilhada pelo presidente da APAVT. Mas para Pedro Costa Ferreira só será possível colocar o turismo no centro da economia e espalhar os seus benefícios numa lógica de conjunto em uel "oposição aos egoísmos que proliferam nas quintas associativas e empresariais que abundam no nosso Pais".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)