Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Presidente demite-se por 'airbags' defeituosos

Líder da Honda demitiu-se após revisão de 13 milhões de veículos no mundo.
23 de Fevereiro de 2015 às 11:11
Takanobu Ito, de 61 anos, será substituído no cargo por Takahiro Hachigo, de 55 anos
Takanobu Ito, de 61 anos, será substituído no cargo por Takahiro Hachigo, de 55 anos FOTO: Yuya Shino/Reuters

O presidente da Honda Motor, Takanobu Ito, anunciou esta segunda-feira a sua demissão após seis anos à frente da empresa, um período marcado pelo escândalo dos 'airbags' defeituosos que obrigou à revisão milhões de veículos a nível mundial.

Ito, de 61 anos e funcionário da empresa com sede em Tóquio desde 1978, será substituído no cargo por Takahiro Hachigo, de 55 anos, dirigente da companhia, que anteriormente exerceu as funções de vice-presidente da Honda na China. 

A demissão de Ito, que vai manter um cargo diretivo como assessor, ocorre depois de nos últimos anos a Honda ter sido o fabricante mais afetado por falhas nos 'airbag' da companhia nipónica Takata.

'Airbags' defeituosos

O defeito nos 'airbag', que apresentavam o risco de abrir com demasiada força e projetar fragmentos de metal para os ocupantes do veículo, obrigou a chamar à revisão, desde 2008, cerca de 20 milhões de veículos em todo o mundo (quase 10 milhões nos Estados Unidos) para substituir a peça.

A Honda chamou à revisão cerca de 13 milhões de automóveis pelo problema, que também afetou outros fabricantes como a Toyota Motor, Nissan e Mitsubishi.

presidente Honda Motor Takanobu Ito demissão aibags defeituosos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)