Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Processar contabilista? "Não posso tomar essa decisão sozinho"

Salgado nega intenção de processar o contabilista.
Diana Ramos 19 de Março de 2015 às 16:54
Ricardo Salgado foi o líder do BES durante 21 anos
Ricardo Salgado foi o líder do BES durante 21 anos FOTO: Lusa

Ricardo Salgado rejeitou no Parlamento a ideia de que irá processar o ex-contabilista do GES, Francisco Machado da Cruz, pela responsabilidade na ocultação de contas da Espírito Santo International (ESI).

 

O deputado do PSD Carlos Abreu Amorim perguntou diretamente a Ricardo Salgado: "Vai manter a versão de que não sabia da ocultação de contas da ESAF?"

 

Salgado respondeu de forma taxativa: "Não tenho nenhum elemento novo que permita alterar a minha posição. Não dei instruções para ocultação da dívida."

 

Numa audição á porta fechada, o contabilista da ESI tinha revelado aos deputados que Ricardo Salgado tinha conhecimento da ocultação do passivo e que a alteração de contas tinha acontecido por sua expressa ordem.

 

Dada a resposta do ex-banqueiro neste regresso à comissão de inquérito ao BES, Carlos abreu Amorim perguntou então a Salgado se ia processar Machado da Cruz.

 

"É uma questão difícil de responder, porque não posso tomar essa decisão sozinho. O grupo está destruído, está entregue aos tribunais do Luxemburgo. Na altura considerámos que não o devíamos fazer. Não sei o que se irá passar, mas provavelmente iremos assistir ao desenrolar desta situação através dos tribunais luxemburgueses", resumiu o antigo presidente executivo do BES.

 

Salgado desmentiu também ter havido duas reuniões em Cascais que terá servido para coordenar o discurso sobre a ocultação de contas da ESI com Machado da Cruz.

Salgado BES comissão inquérito caso banco banqueiro
Ver comentários