Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Procura de energia sobe 137%

A procura energética em Portugal deverá crescer 137 por cento até 2010, mais do dobro do que se verificou na última década, afirmou ontem um responsável da EDP, António Neves de Carvalho, numa conferência sobre conservação de energia.
19 de Novembro de 2005 às 00:00
Energia eólica poderá produzir cerca de 20% da electricidade
Energia eólica poderá produzir cerca de 20% da electricidade FOTO: Staff, Reuters
O crescimento do consumo de energia vai ter um impacto significativo nas emissões de gases com efeito de estufa, com destaque para o dióxido de carbono, que se estima que deverão aumentar 65 por cento no sector eléctrico até 2010. “Estamos a aproximar-nos dos padrões europeus a nível de consumo, mas o nosso tecido industrial baseia-se em tecnologias que geram pouco valor acrescentado”, justificou o especialista da EDP.
Embora o sector dos transportes represente ainda a maior fatia de gastos energéticos no País, o sector dos edifícios tem vindo a ganhar cada vez mais peso. Em Portugal, os edifícios absorvem actualmente cerca de um terço da energia produzida, com quatro por cento de gastos no segmento residencial, mas este valor deverá aumentar nos próximos anos devido à tendência de procura de maior conforto.
A energia eólica poderá produzir cerca de 20 por cento da electricidade em Portugal em 2010, afirmou António Joyce, do Instituto Nacional de Engenharia, Tecnologia e Inovação (INRETI). “O consumo energético aumentou seis por cento.” “A aposta nas renováveis, actualmente, só está a compensar este aumento”, salientou o ambialista António Joyce. O Governo tem apostado fortemente no desenvolvimento da energia eólica e prevê que o investimento, até 2010, acenda a 3,8 mil milhões de euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)