Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Produção de vinho na região sobe 10%

Região deverá produzir um total de 1,4 milhões de litros de vinho nesta temporada
23 de Setembro de 2013 às 01:00
Existe apenas uma cooperativa na região, mas há cada vez mais produtores particulares
Existe apenas uma cooperativa na região, mas há cada vez mais produtores particulares FOTO: JOÃO CORTESÃO

A produção de vinho no Algarve deverá aumentar cerca de 10 por cento na campanha 2013/2014, face à campanha anterior, segundo a previsão do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV). Uma subida que é mesmo superior à média nacional, que se cifrou nos 7%.

De acordo com IVV, a região algarvia deverá produzir 1,4 milhões de litros de vinho nesta temporada, enquanto na época passada o valor foi de 1,2 milhões. Apesar deste acréscimo, a quantidade é inferior à média total das últimas cinco campanhas, que se cifrou em 2 milhões de litros. Isto porque, ainda segundo o IVV, a época de 2012/13 foi a de menor produção desde o início do século XXI.

A produção desta época só não é maior porque se registaram pontualmente "prejuízos causados pelo oídio [doença que afeta a vinha], num estádio em que a cultura esteve bastante suscetível ao nível das folhas jovens, das varas e dos cachos", explica o IVV.

O tinto é o tipo de vinho dominante na região, representando cerca de 80% do total da produção. Em termos nacionais, o Algarve é a zona com menor produção no continente, apenas produzindo mais vinho do que os Açores.

No Algarve existe uma única cooperativa, em Lagoa, concelho onde é produzida a maior quantidade de vinho. No entanto, o número de produtores particulares tem aumentado nos últimos anos.

região produção vinho algarve ivv economia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)