Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Programa comunitário de investigação tem 3,8 mil milhões para agricultura

Horizonte 2020, conta com orçamento global de cerca de 80 mil milhões de euros para o período 2014-2020.
23 de Abril de 2015 às 17:30
O Comissário Europeu da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, no 7.º Congresso CAP
O Comissário Europeu da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, no 7.º Congresso CAP FOTO: Mário Cruz/Lusa

O comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação afirmou esta quinta-feira que a agricultura tem 3,8 mil milhões de euros de fundos comunitários disponíveis para investigação e inovação, um montante que pode ser superior porque o programa é "transversal".

O quadro financeiro plurianual de investigação e inovação, conhecido como Horizonte 2020, conta com orçamento global de cerca de 80 mil milhões de euros para o período 2014-2020, que vai ser gerido pelo antigo secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro.

Carlos Moedas salientou que, por ser "transversal", além de poderem recorrer aos 3,8 mil milhões de fundos destinados a projetos científicos direcionados para o setor agrícola, os agricultores podem obter financiamento de outras áreas, existindo, por exemplo, dinheiro para aplicar no setor da água ou na indústria alimentar.

"Além destes 3,8 mil milhões, há muitos projetos que convocam estas matérias e que vão desembocar numa melhor condição de vida para as populações e isto é uma fatia muito considerável do programa", declarou, à saída do 7.º Congresso da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP).

O comissário europeu destacou que a ciência e a inovação não são setoriais, sendo o Horizonte 2020 "o primeiro programa europeu que compreende que a ciência não pode ser feita apenas por uma única disciplina".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)