Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

PS demarca-se da resolução do Bloco para a demissão de Carlos Costa

Socialistas reiteram que nunca pediram a demissão do governador, apesar de críticas à sua atuação.
Lusa 9 de Março de 2017 às 18:05
Carlos Costa
Carlos Costa tem pressa em esclarecer no Parlamento tudo o que se prende com a atuação do Banco de Portugal no BES
Carlos Costa
Carlos Costa
Carlos Costa tem pressa em esclarecer no Parlamento tudo o que se prende com a atuação do Banco de Portugal no BES
Carlos Costa
Carlos Costa
Carlos Costa tem pressa em esclarecer no Parlamento tudo o que se prende com a atuação do Banco de Portugal no BES
Carlos Costa

O PS vai demarcar-se do projeto de resolução do Bloco de Esquerda que pede o afastamento do governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, disse esta quinta-feira à agência Lusa fonte da direção da bancada socialista.

Este projeto de resolução foi anunciado pela deputada bloquista Mariana Mortágua e deverá ser votado em plenário na próxima semana.

Fonte da direção da bancada socialista referiu à agência Lusa que o PS "nunca pediu a demissão do governador do Banco de Portugal, apesar de críticas à sua atuação, designadamente por factos ocorridos sobretudo na anterior legislatura e que tiveram lugar antes da sua recondução em funções pelo anterior Governo PSD/CDS-PP".

Por essa razão, o cenário mais provável é que o Grupo Parlamentar do PS opte pelo voto contra o projeto de resolução do Bloco de Esquerda".

Hoje, em plenário, no encerramento de uma interpelação do CDS-PP ao Governo, Mariana Mortágua justificou a resolução "em nome da estabilidade do sistema financeiro e também em nome do interesse dos contribuintes lesados pela inação ou pela má ação do governador do Banco de Portugal".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)