Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

PT abaixo dos 9 euros

Os títulos da PT fecharam ontem abaixo da barreira psicológica dos nove euros. A maior operadora portuguesa de telecomunicações, que transaccionou apenas 925.182 papéis, perdeu 0,44 por cento, para 8,98 euros. Como os outros pesos-pesados terminaram a sessão inalterados, o PSI 20 caiu 0,09 por cento, para os 7571 pontos.
31 de Dezembro de 2004 às 00:00
PT abaixo dos 9 euros
A maior valorização do principal índice da Euronext Lisboa foi a da Pararede: 2,7 por cento, para 38 cêntimos. Seguiu-se a Gescartão, que fechou a 10,7 euros, mais 1,9 por cento. Na terceira posição dos ganhos, ficou a Impresa. A empresa de Pinto Balsemão foi para 5,9 euros, mais 1,72 por cento.
Pela negativa, sobressaiu a Teixeira Duarte. A construtora desceu quase três por cento, para um euro. Seguiu-se a Sonaecom, com uma quebra de 1,05 por cento, para 3,78 euros. Outro papel com uma queda superior a um por cento foi a Jerónimo Martins, que se cotou a 9,7 euros.
Ontem, em que o preço do petróleo subiu e os pedidos de subsídio de desemprego diminuíram nos Estados Unidos da América, os índices bolsistas europeus mais importantes valorizaram-se ligeiramente, à excepção do espanhol Ibex 35, que perdeu 0,22 por cento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)