Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

PT aprova separação com PTM

Os accionistas da Portugal Telecom (PT) aprovaram ontem em assembleia geral, com 99,5% de votos favoráveis, a separação da PT e da PT Multimédia (PTM). Segundo o presidente da empresa, Henrique Granadeiro, a operação deverá estar concluída antes de Dezembro deste ano.
28 de Abril de 2007 às 00:00
Bava e Henrique Granadeiro falaram aos accionistas
Bava e Henrique Granadeiro falaram aos accionistas FOTO: Vítor Mota
O próximo passo será saber quais os accionistas, que neste momento têm participações em ambas as empresas, que ficarão na PT e aqueles que vão apostar forte na PTM.
Se a distribuição da participação da PT na PTM (58,4 %) fosse hoje distribuída pelos accionistas, o BES passaria a ter 13% da PTM, seguido pelo Barclays e BPI. A Telefonica ficaria com 4,9%, seguida da CGD com 4,6% e Joe Berardo com 4,4%.
Para Henrique Granadeiro, “caberá a cada accionista decidir o que vai fazer”, garantindo que “não são mais de seis empresas comuns”, uma realidade vulgar no sector das telecomunicações.
O presidente do BES, Ricardo Salgado, reafirmou que a participação do banco na PT “é para manter.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)