Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

PT: Bava recebeu 1,5 milhões e Granadeiro 700 mil euros

Os administradores da Portugal Telecom (PT), incluindo o presidente, Henrique Granadeiro, e o presidente executivo, Zeinal Bava, receberam em salários fixos, variáveis e prémios cerca de 7 milhões de euros em 2009, anunciou a empresa.

16 de Março de 2010 às 12:26
Zeinal Bava
Zeinal Bava FOTO: D.R.

A PT, que divulgou pela primeira vez, no seu relatório e contas de 2009, os valores das remunerações individuais dos seus gestores, cumprindo a nova  lei, revelou que os seus gestores, executivos e não executivos, receberam 3,2 milhões de euros em salários fixos e variáveis e um prémio de 3,799  milhões de euros pelo mandato no triénio de 2006 a 2008.  

A empresa anunciou que Henrique Granadeiro foi remunerado em 650.900 euros enquanto que Zeinal Bava atingiu, entre remuneração fixa e variável  cerca de 1,5 milhões de euros. Ambos receberam um prémio de mandato de  cerca de um milhão de euros pelo trabalho realizado no triénio 2006-2008. 

O relatório e contas da empresa refere também que "a remuneração fixa anual de todos os membros da comissão executiva para o mandato de 2009 a  2011 foi reduzida em 10 por cento face ao valor do mandato anterior", uma proposta feita por Zeinal Bava o ano passado, devido à conjuntura económica. 

35% ABAIXO DAS CONGÉNERES

A Portugal Telecom está 35 por cento abaixo da média das suas congéneres europeias no que toca a remuneração dos seus gestores quando comparamos o que a PT pagou em 2009 e os seus concorrentes em 2008.  

Apesar de as remunerações individuais de 2009 das empresas de telecomunicações ainda não estarem fechadas, fazendo uma comparação com os valores de há um ano, relativos a 2008, é possível verificar que a administração da PT está abaixo da Vodafone, Deutsche Telekom, Telefónica ou British Telecom.  

De acordo com a agência Lusa, a PT, que pagou cerca de 7 milhões de euros de remunerações e prémios aos seus administradores em 2009, não compara com os 27 milhões pagos pela  Vodafone em 2008, ou mesmo pela espanhola Telefónica, que pagou 11,5 milhões  de euros.  

 No entanto, está acima da France Telecom (6,6 milhões), Belgacom (6,1 milhões) ou Telenor (4,4 milhões) .  

 Já quando se compara a remuneração do presidente da comissão executiva, Zeinal Bava, com os restantes CEO (Chief Executive Officer) da Europa, o  valor também está muito abaixo da média, cerca de 45 por cento. Ou seja, os cerca de 1,8 milhões de euros auferidos por Zeinal Bava em 2009, incluindo um terço do prémio plurianual, comparam com os 14 milhões de euros recebido em 2008 por Vittorio Colao, da Vodafone e os 1,6 milhões  recebidos por Stéphane Richard, CEO da France Telecom. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)