Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

PT e banca penalizam PSI-20

A praça de Lisboa fechou a sessão desta terça-feira a perder 0,01 por cento, influenciada pelas perdas da Portugal Telecom e do sector bancário.
15 de Dezembro de 2009 às 17:00

O principal índice da bolsa nacional, o PSI-20, fechou a valer 8.244,84 pontos, com 12 acções em queda, seis em alta e duas inalteradas, contrariamente às restantes bolsas europeias, que estiveram em queda durante a manhã mas conseguiram terminar a sessão com ganhos pouco acentuados.

A PT foi um dos títulos que registou maior queda, ao perder 0,36 por cento para os 8,40 euros.

Mesma sorte que a empresa de telecomunicações teve o sector bancário, cim o BCP a descer 1,08 por cento para os 0,823 euros, o BES cedeu 0,11 por cento para 4,634 euros e o BPI recuou 0,93 por cento para 2,12 euros.

Contrariando as quedas estiveram a EDP Renováveis, que subiu 1,51 por cento para os 6,379 euros, e a Brisa, que avançou 1,62 por cento para 6,951 euros, esta última que beneficiou de declarações do presidente executivo da Abertis, Salvador Alemany, que se mostrou favorável  a uma fusão com a Brisa.

Também do lado dos ganhos esteve a Cimpor, que registou uma subida de 0,79 por cento para os 5,24 euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)