Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Qualcomm recompra acções próprias

Melhorar a remuneração accionista, quer por recompra de acções próprias, quer pelo aumento do dividendo, é a promessa de Irwin Jacobs, presidente da Qualcomm, um dos maiores fabricantes mundiais de ‘chips’ utilizados em telemóveis.
20 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Como este mercado com a tecnologia da Qualcomm deve evoluir de 25 para 49 por cento a partir de 2008, segundo a empresa, as respectivas acções são um bom investimento. Assim recomenda a corretora electrónica Bigonline.
A mesma fonte lembra que, no quarto trimestre do ano passado, o resultado líquido da Qualcomm cresceu, em termos homólogos, 46 por cento, para 513 milhões de dólares (394,615 milhões de euros). No mesmo período comparativo, as vendas aumentaram 15 por cento, para 1,39 mil milhões de dólares (1,069 mil milhões de euros).
Segundo a Bigonline, a Qualcomm, em múltiplos de mercado, transacciona com um prémio ligeiro em relação ao sector de semicondutores.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)