Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

RASTREIO MINIMIZARÁ CRISES

A Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares (FIPA) apresenta hoje um guia para ajudar as empresas do sector a implementar o sistema de rastreabilidade dos alimentos que será obrigatório já a partir do próximo ano.
24 de Novembro de 2004 às 00:00
Este sistema vem minimizar eventuais crises alimentares – como a dos nitrofuranos, que recentemente afectou os frangos – mas ainda não estão previstas penalizações para quem falhar a implementação.
Segundo explicou ao CM Isabel Sarmento, directora-geral da FIPA, o sistema permitirá minimizar, por exemplo, uma crise como a dos nitrofuranos, uma vez que detectará mais cedo o aviário onde há frangos infectados, evitando que tenha de se intervir noutros aviários, mas não eliminará completamente o risco de crise.
A implementação do sistema será obrigatória já a partir de Janeiro próximo, mas ainda não estão previstas sanções para quem não o fizer.
Ver comentários