Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Reditus em alta

A Reditus negociou ontem em alta acentuada na Euronext Lisboa, tendo subido mais de 8 por cento para máximo de Fevereiro de 2001. Desde o início do ano, a Reditus já subiu cerca de 160 por cento.
28 de Dezembro de 2004 às 00:00
A subida da reditus ocorreu num dia em que a bolsa portuguesa fechou em alta ligeira, contrariando a tendência europeia, com o PSI 20 a subir 0,07 por cento, para 7.570,4 pontos, suportado por Brisa e pelos grupos Sonae e Portugal Telecom.
Dos 20 títulos que compõem o principal índice accionista português, 11 subiram, quatro desceram e cinco ficaram inalterados, numa sessão de liquidez muito fraca. Os destaques positivos pertenceram ao grupo Sonae e aos títulos de media Impresa e Media Capital, que liderou os ganhos com uma subida de 1,89 por cento, para 5,4 euros, beneficiando do facto de a sua estação televisiva TVI ter liderado as audiências no fim-de-semana natalício. A concorrente Impresa também esteve com força, valorizando 0,87 por cento, para 5,8 euros, o máximo da sessão. Ainda no mesmo sector, a Cofina ficou “em casa”, nos 3,69 euros.
Suportando o índice acima da linha de água estiveram a Brisa e o grupo Portugal Telecom. A concessionária ganhou 0,75 por cento, para 6,75 euros, enquanto a PT e a PTMultimedia subiram ligeiros 0,11 por cento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)