Reembolsos dos impostos agravam défice

Défice aumentou 314 milhões de euros face ao mesmo período do ano passado.
25.05.17
O défice orçamental das administrações públicas, em contabilidade pública, subiu para 1.931 milhões de euros nos primeiros quatro meses do ano, piorando 314 milhões face ao mesmo período do ano passado, indicou hoje o Ministério das Finanças.

Segundo o comunicado enviado pela tutela, o défice orçamental até abril aumentou 314 milhões de euros, o que se deveu essencialmente ao aumento de 530 milhões de euros do valor dos reembolsos dos vários impostos, em particular do IRS e do IVA.

"A evolução da receita foi prejudicada transitoriamente pelo acréscimo em 503 milhões de euros de reembolsos de IRS e de IVA face a igual período do ano passado", refere a tutela, acrescentando que foram também adotados "procedimentos mais eficientes nos reembolsos" destes impostos que "asseguram uma devolução mais rápida às empresas e às famílias", uma alteração cujo efeito se irá dissipar ao longo do ano.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De Manuel25.05.17
    Os contribuintes também deveriam receber juros dos impostos cobrados antecipadamente!
1 Comentário
  • De Manuel25.05.17
    Os contribuintes também deveriam receber juros dos impostos cobrados antecipadamente!
    Responder
     
     0
    !