Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Reservas de ouro baixam €3,4 mil milhões

As 382,5 toneladas de ouro à guarda do Banco de Portugal desvalorizaram 383 milhões por mês. A fraca procura chinesa explica queda da cotação
10 de Outubro de 2013 às 01:00
A carteira de ouro no Banco de Portugal vale agora pouco mais de 12 mil milhões de euros
A carteira de ouro no Banco de Portugal vale agora pouco mais de 12 mil milhões de euros FOTO: Lis Niesner/Reuters

As reservas de ouro do Banco de Portugal desvalorizaram, em média, mais 3,4 mil milhões de euros desde o início do ano, o que equivale a 383 milhões de euros por mês. A subir desde 2004, a cotação deste metal precioso – considerado refúgio seguro nos momentos de crise – já caiu mais de 22 por cento desde janeiro deste ano.

A carteira nacional vale agora pouco mais de 12 mil milhões de euros, contra os 15,5 mil milhões de euros que valia em dezembro último. Segundo o relatório de atividade e contas do Banco de Portugal de 2012, as barras de ouro nacionais valorizaram-se o ano passado 545 milhões de euros, o que corresponde a uma valorização de 3,6 por cento.

O preço do ouro já caiu "22,27 por cento desde o início do ano, dos 1675 dólares a onça para os 1301 dólares a onça", sublinhou ontem ao Correio da Manhã Pedro Oliveira, da GoBulling.

De acordo com o especialista, esta desvalorização mundial prende-se sobretudo "com os dados macroeconómicos desapontantes por parte da China, o maior consumidor do metal precioso no Mundo".

Por outro lado, acrescenta Pedro Oliveira, "as preocupações dos investidores relativamente à situação económica da China e mais recentemente dos EUA têm sido um fator-chave para a diminuição da procura por este metal".

Com 382,5 toneladas à guarda da instituição liderada por Carlos Costa, Portugal é um dos países mais ricos, ocupando o 15º lugar no ranking mundial.

Desde 2004 que as reservas nacionais de ouro têm conhecido uma valorização constante, o que permitiu mais do que duplicar o valor do metal precioso guardado.

Mas nem só o ouro tem desvalorizado. A prata, desde o início do ano, também já perdeu 28 por cento do seu valor, face à cotação de 2012, sublinha ainda Pedro Oliveira, da GoBulling.

ouro reservas Banco de Portugal China
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)