Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Roubaram 350 mil euros em rolhas

Uma rede que se dedicava ao roubo de rolhas de cortiça foi sentenciada, na semana passada, a penas entre os três os cinco anos de prisão.
20 de Março de 2006 às 00:00
Os empresários roubavam as rolhas da concorrência
Os empresários roubavam as rolhas da concorrência FOTO: d.r.
O esquema foi montado por um empresário da cortiça de Lourosa, associado a um ex-industrial do mesmo ramo, a que se junta um empregado e a mulher do ex-empresário, com idades compreendidas entre os 26 e os 42 anos, todos do concelho de Santa Maria da Feira. Foram denunciados e detidos, numa altura em que já tinham furtado mais de 350 mil euros em rolhas de cortiça.
O caso remonta a Abril do ano passado, quando os ‘corticeiros’, resolveram que seria mais fácil furtar as rolhas do que fabricá-las. Depois era só vende-las, a preço concorrencial, e encaixar todo o lucro do negócio. Com tal ideia em mente, alugaram um pavilhão em Maceda, Ovar, e escolheram duas empresas, uma de Paços de Brandão e outra em Lourosa, que não possuíam sistemas de vigilância durante a noite.
Os contactos ‘amistosos’ efectuados anteriormente com os sócios-gerentes destas empresas nada mais eram do que o ‘sacar’ de informações acerca da chegada das maiores quantidades de rolhas de qualidade extra e superior para o armazém. Os arguidos ficaram ainda obrigados a pagar a uma das empresas – a de Paços de Brandão – a quantia de 35 500 euros por danos patrimoniais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)