Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Ryanair conclui compra dos 75% da companhia aérea LaudaMotion

Empresa de aviação foi fundada pelo antigo piloto de Fórmula 1, Niki Lauda.
29 de Agosto de 2018 às 14:51
 Ryanair
Ryanair
Ryanair
 Ryanair
Ryanair
Ryanair
 Ryanair
Ryanair
Ryanair
A companhia aérea irlandesa Ryanair completou a compra de 75% da LaudaMotion, a empresa de aviação fundada pelo antigo piloto de Fórmula 1 (F1) Niki Lauda, foi esta quarta-feira anunciado.

A informação foi avançada pelo diretor executivo da LaudaMotion, Andreas Gruber, numa conferência de imprensa com o presidente executivo da Ryanair, Michael O'Leary, em Viena.

Gruber adiantou que a LaudaMotion vai duplicar até 18 o número de aviões Airbus A320 na sua frota para o verão do próximo ano, quando espera a entrega de nove aparelhos desse modelo.

Lauda, que se encontra em recuperação após um transplante de pulmão no início de agosto, é a partir de agora proprietário dos restantes 25% da antiga Niki, que o triplo campeão de Fórmula 1 comprou à alemã Air Berlin.

Gruber sublinhou que, apesar de ser detida maioritariamente pela Ryanair, a LaudaMotion, com sede em Viena, vai distinguir-se da companhia de aviação 'low-cost' irlandesa, pelo menos no logótipo e 'design'.

Com a compra da LaudaMotion, aprovada no mês passado pela Comissão Europeia, a Ryanair espera melhorar a competitividade e aumentar a oferta de voos económicos, nomeadamente na Alemanha, Áustria e Espanha.

O piloto de F1 comprou a Niki, empresa que fundou e vendeu logo à Air Berlin, depois desta deixar de operar.

O processo de insolvência da Niki foi concluído em 28 de fevereiro.
Ryanair presidente Alemanha Andreas Gruber LaudaMotion F1 Niki Lauda Viena
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)